2017/08/17

«só quem se move sente as cadeias que o aprisionam»

«[...]só sente as cadeias que o aprisiona quem se move»

Nem achei a crónica do Bruno de Carvalho especialmente conseguida, mas a imagem que dela elegi para titulo merece a leitura do texto.

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário ficará disponível após verificação. Tentaremos ser breves.