2018/06/08

Cartelização Censória

Alguém ouviu falar na luta dos trabalhadores da Disneylândia? Não? Pois!

São os critérios editoriais dos media corporativos que acusam as redes sociais de espalharem notícias falsas.

Aqui e ali, no interior, lá bem no fundo das "edições electrónicas" dos media corporativos, vamos vendo aparecer a ponta do iceberg das lutas laborais que trespassam o mundo capitalista. Notícias que raramente são impressas pelas rotativas e nunca, mas mesmo nunca, abrem os telejornais dos telecaneiros.

Meia França está em greve contra as privatizações planeadas pelo espantalho de plástico, as manifestações na Argentina contra a ofensiva neo-liberal são gigantescas, o candidato de esquerda está prestes a ganhar as eleições no México, a oposição ao #foraTemer no Brasil paralisa o país, apesar dos 280 assassinios o candidato progressista passou à segunda volta na Colômbia . Sobre isto, nos media corporativos: zero, nickles, pickles batatóide, nada, nem uma linha, nem uma foto. Critérios editoriais? Só?

Proponho um novo nome para o manto de silêncio com que os media corporativos escondem as lutas contra o capital por esse mundo fora: cartelização censória.

#NoLutarÉQueEstáOGanho #FakeNewsFactory

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário ficará disponível após verificação. Tentaremos ser breves.